SABE TUDO SOBRE A NOVA MÚSICA DA DEMI LOVATO, BODY SAY
DEMI LOVATO DISFARÇA-SE DE MOTORISTA PARA SURPREENDER OS FÃS
Image Map
O impacto da honestidade da Demi Lovato face à saúde mental
Postado em 14/01 por Maria Pinto

O site The Mighty divulgou a história de uma fã que conta como a Demi Lovato a ajudou a ultrapassar a sua luta contra alguns transtornos e distúrbios alimentares.

Podem conferir a história traduzida abaixo:

Fonte: The Mighty

Tradução/Adaptação: Demi Lovato Portugal

Apesar da Demi ter 24 anos e eu 21 e não ser tão bem conhecida como ela, identifico-me profundamente com a sua jornada e aprecio a sua honestidade quanto aos seus problemas. Demi é um ícone em ambas as comunidades, recuperação e imagem corporal, que se tornaram mais populares online especialmente neste último ano, tornando-os menos tabu e fora dos holofotes.

Com 15 anos fui diagnosticada com bulimia. Iniciei a minha própria jornada de recuperação com profissionais e pessoas próximas de mim. Descobri que a música tinha um grande impacto no meu humor. Ouvir (música) tornou-se uma forma positiva de lidar com os meus impulsos de querer vomitar ou me auto-mutilar.

Descobri a música da Demi talvez um ano depois de estar a lutar pela minha vida. Eu lembro-me de ler revistas que falavam sobre esta miúda que eu me via tanto nela. Eu li que ela tinha entrado em tratamento pelos seu problemas mentais na mesma época em que eu o fiz. Assisti a entrevistas dela a discutir os seus problemas e a partilhar a mensagem de “ficar forte”, porque todos nós somos bonitos e valemos a pena.

Essa informação deu-me toda uma nova perspectiva. A sua aceitação de ajuda e tempo a si mesma para abraçar a sua recuperação fez-me perceber algo. Não só não estamos sozinhos no que lutamos, mas também podemos motivar uns aos outros a obter ajuda e melhorar.

Se ela pode abraçar a sua recuperação, porque é que eu não posso?

Se ela pode arranjar na dor e nos problemas que passou, e transforma-los em algo tão bonito e autêntico, porque é que eu não posso? 

Ter a oportunidade de crescer com um modelo como a Demi Lovato têm sido algo incrivelmente útil. A sua história tocou-me,  como eu identifico-me profundamente com os seus problemas. Ela encorajou-me a continuar à procura de ajuda. Vê-la a ser corajosa e escolher por ser tão aberta sobre as suas lutas inspirou-me

Neste último ano, eu comecei a falar e a compartilhar a minha história mais abertamente nas redes sociais. A recuperação de transtorno alimentar e as comunidades de imagem corporal positiva nas médias sociais deram-me tantas oportunidades incríveis e tiveram um impacto incrivelmente positivo na minha autoconfiança e recuperação.

Apesar de ter crescido sendo uma fã da Demi, eu vejo-a como uma amiga agora. Ela parece distante por ser famosa; no entanto, a Demi é indivíduo incrível nesta Terra. A sua habilidade de se identificar e mostrar compaixão pelos outros através destas difíceis doenças e lutas na sua vida continua-me a incentivar a permanecer forte.

Ela pode ser apenas uma pessoa, mas a Demi têm trazido muitos de nós juntos e têm sido pessoalmente um lembrete consistente de que eu não estou sozinha. Às vezes, eu vejo as suas entrevistas ou vejo os seus posts e penso para mim mesma, “espero fazer mesmo uma pequena porção do impacto que ela têm feito neste mundo um dia, eu mesma.”

Eu pessoalmente não sei onde a minha escrita, compartilhamento e posts me vão levar nesta vida. Eu espero que abra novas portas, e que tenha mais oportunidades de fazer um grande impacto. Eu seria honrada em poder trabalhar com a Demi um dia entre outras poderosas vozes na comunidade de recuperação e imagem corporal positiva. Estes são alguns dos meus grandes sonhos.

A coisa é, embora nós possamos causar impacto não importa o número de seguidores que temos. Nós podemos inspirar os outros com qualquer número de seguidores ou likes. Nós podemos encorajar os outros independentemente do número de comentários que nós temos.

O sucesso e a beleza das outras pessoas não é ausência da nossa própria. Especialmente com as redes sociais, nós podemos nos agarrar no jogo dos números, obsessão sobre quantos likes e comentários nós recebemos e comparar o nosso sucesso com outras contas. Por exemplo, é a mesma coisa quando comparamos o tamanho de roupas e o nosso peso, aqueles números não significam nada. Podes ter cem seguidores e causar um impacto maior do que quem possui mil seguidores. O que importa é permanecer verdadeiro contigo mesmo e lembrares-te porque partilhas as tuas lutas.

Eu tenho muitos seguidores no Instagram, e aquelas números cresceram com o tempo. Ainda assim, eu gostaria que os outros soubessem que não precisas de uma grande plataforma para inspirar outras pessoas. Nós todos somos capazes de causar um impacto, talvez não em larga escala como a Demi Lovato têm feito com a sua carreira musical de sucesso. No entanto, se a Demi me tem ensinado algo, então é quando estamos prontos para sermos honestos e abertos sobre os nossos problemas, as nossas vidas podem ganhar novos propósitos e significados.

Numa recente entrevista para a revista America Way Magazine, Demi explicou, “quando eu tenho encontros com os meus fãs eu não consigo dizer a quantidade de meninas que me mostram os seus braços cobertos por cortes e cicatrizes. Elas contam, ‘tu ajudaste-me a passar por isso. Por tua causa, eu parei de me auto-mutilar”, ou “eu estou sóbria’. Ouvir essas coisas deu à minha vida um novo significado.”

Assim como a Demi, eu não entrei em tratamento para me tornar uma inspiração. Eu fiz isso por mim mesma e pelas pessoas próximas a mim. Agora que estou mais sólida com a minha recuperação e confortável em compartilhar a minha história, estou orgulhosa em compartilhar o que eu posso.

Saúde mental é incrivelmente estigmatizada, e por um longo tempo eu senti-me envergonhada por passar pelo o que eu estava a passar. Eu compartilho porque como uma comunidade, nós podemos ajudar a melhorar um ao outro e incentivar outros a continuarem a lutar para procurar ajuda. Eu compartilho porque como um indivíduo, a minha história é diferente da tua e compartilhar isso é tão emponderador e libertador. Além disso, a compaixão, o amor e respeito que nós temos uns pelo outros nesta comunidade e o facto de que podemos identificar-nos com cada um, de uma forma ou de outra absolutamente dá à minha vida um novo significado e propósito, além de proporcionar cura.

A Demi, sem dúvida, abriu o caminho às futuras gerações para falar por si mesmos se estão a lutar e precisam de ajuda. O sucesso e a honestidade da Demi Lovato com ela mesma e com o mundo sem dúvida que me ajudaram a permanecer forte nos meus dias mais escuros.